Apaixonado, homem tenta matar a própria filha atropelada

Publicado em terça-feira, junho 16, 2015 ·

Um mototaxista de aproximadamente 40 anos é acusado de tentar matar a própria filha em Parnaíba, no litoral do Piauí. Segundo informações, a vítima possui 17 anos e estava em uma moto na companhia de uma amiga, quando foi atropelada pelo próprio pai.

A adolescente e a mulher de 26 anos foram levadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Pronto Socorro do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). Na unidade hospitalar, a garota revelou que foi o seu próprio pai que lhe atropelou por conta de ciúmes. Ela disse ainda que ele é apaixonado por ela e chegou a dizer que se a menina não tiver relacionamento com ele, não terá com mais ninguém. O caso revoltou toda a família.

Image title

Em entrevista para a equipe de reportagem de Parnaíba da TV Meio Norte, a mãe da garota denunciou que foi violentada há 17 anos e que deste estupro teria nascido essa menina. “Ele me pegou à força, não foi porque eu quis. Ele me colocou em uma moto e disse que a gente ia para uma festa, quando chegamos lá ele tirou minha roupa e ficou comigo à força. Quando a menina nasceu ele disse que não sabe nem se é filha dele, sendo que a única pessoa que eu tive relações foi com ele”, declarou ela.

A mãe da jovem disse ainda que o acusado só veio conhecer a filha quando ela tinha 14 anos. “Uma vez ele pegou ela e levou para a praia, e lá ficou aliciando ela. Logo depois ela me disse o que aconteceu e cada vez que ela falava ele a ameaçava. Ele só veio conhecer ela quando ela tinha 14 anos e agora vivia perseguindo a menina”, disse.

Image title

A adolescente por sua vez afirmou que já tem algum tempo que seu pai tenta abusá-la. “Toda vez que estamos sozinhos, ele fica passando a mão nas minhas partes íntimas. Uma vez eu estava deitada em uma cama, quando me assustei com a presença dele. Ele tirou minha roupa e ficou acariciando meu corpo. Ele chegou a dizer que se eu não ficasse com ele não ia ficar com ninguém. Eu tenho ódio dele, ele é pior do que um monstro”, afirmou a adolescente.

Devido ao acidente, a garota apresentava várias escoriações e suspeitas de fraturas. Após ser medicada, a adolescente teve alta hospitalar. Como a Polícia Civil está de greve, a família não conseguiu registrar um Boletim de Ocorrência na noite dessa segunda-feira (15/06). A mãe da garota deverá procurar o distrito policial da área durante a manhã desta terça-feira (16).

É válido destacar que durante toda a madrugada, policiais militares da Força Tática de Parnaíba, sob o comando do sargento Fabriciane Monteiro, realizaram diligências visando prender o acusado que está sendo chamado de “monstro” pelos familiares da vítima. O mototaxista continua foragido.

Image title
Image title

ASSISTA A MATÉRIA: 

Por: Kairo Amaral

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627