Apagões na dignidade educacional

Publicado em quinta-feira, julho 13, 2017 · Comments 

(Karlos Thotta/2017)

NOS PAÍSES EDUCACIONALMENTE CIVILIZADOS, OS MELHORES ESTUDANTES SÃO CONVIDADOS A ADOTAR A SAGRADA PROFISSÃO MAGISTERIAL, QUE ASSEMELHA-SE A UM SAGRADO SACERDÓCIO.

Quase sempre, os melhores professores iniciaram as suas carreiras sendo os monitores, nas disciplinas onde mais conseguiram destaques.

Após concluírem a indispensável formação superior, eles se tornam professores assistentes que, através de aperfeiçoamentos, podem vir a ocupar os postos de professor adjunto, titular e até a excelência na almejada posição catedrática.

No Brasil, já foi assim quando o objetivo era aprender. Aprender pelo prazer de saber acumular os conhecimentos geradores de desenvolvimentos tecnológicos, sociais, médicos, educacionais, científicos e econômicos.

A boa Escola é semelhante a um templo sagrado onde as salas de aula, os laboratórios e bibliotecas, são os altares dos saberes e do aprender.

SOMENTE A BOA ESCOLA INTEGRAL PODE TRANSFORMAR ALUNOS COMUNS EM ESTUDANTES E CIDADÃOS HONESTOS, COM A NECESSÁRIA COMPETÊNCIA QUE O BRASIL PRECISA.

A Escola Integral forma os bons estudantes, ótimos professores e profissionais capazes de tirar o Brasil do atual e vergonhoso apagão educacional, onde existe alto índice de “diplomandos e diplomados” com elevados graus de analfabetismo técnico e funcional.

TAL SITUAÇÃO CATASTRÓFICA É O REFLEXO DOS ABANDONOS ENCONTRADOS ANO A ANO NO ENSINO BÁSICO (QUE REÚNE OS CURSOS INFANTIL, FUNDAMENTAL E O NOVO MÉDIO).

É humanamente lamentável o faz-de-conta, as farsas e as atitudes encontradas em muitos cursilhos criminosos que se instalam com a promessa de formar professores através de apenas um dia de aula por mês.

A consequência direta dessa pseudo formação é que a maioria dos professores, na maioria das escolas, fingem que dão aulas, enquanto os alunos copiam fingindo que entendem, e tudo com as bênçãos da escola e a chancela do ministério da educação, que erra e não faz as devidas fiscalizações que um bom ensino exigiria.

Torna-se urgente uma reforma ampla e geral da educação, pela adoção de um sistema eficaz que selecione e promova a formação de corpos docentes, compromissados em elevar a qualidade educacional, principalmente nas escolas de curso Fundamental.

O BRASIL TEM, HÁ MUITOS ANOS, OS PIORES INDICADORES EDUCACIONAIS DO MUNDO E ESSE ATRASO ENVERGONHA O NOSSO PAÍS.

​​​Nacionalizar a educação e adotar o regime Escolar Integral, com ênfase na Leitura Monitorada​ ​e compartilhada pelas família​s​, é um sistema​ ​que​ ​tem​ dado​ ​excelentes resultados​ em muitos países,​ ​que viveram situações semelhantes às nossas.

Disciplinas, conteúdos e pedagogias, precisam ser revistos à luz das modernidades e das potencialidades criativas dos adolescentes e crianças que frequentam as escolas, para que seus mais variados e desejados objetivos possam ser alcançados.

É INADMISSÍVEL A REALIDADE DO SISTEMA ATUAL ONDE 65% DOS CONCLUINTES DO ENSINO BÁSICO SÃO, NA REALIDADE, ANALFABETOS FUNCIONAIS.

DE QUE MANEIRA ESTE IMENSO CONTINGENTE CONSEGUE INGRESSAR NAS UNIVERSIDADES?

QUE TIPO DE DOUTOR A ESCOLA SUPERIOR VEM FORNECENDO PARA A SOCIEDADE BRASILEIRA?

NOS PAÍSES EDUCACIONALMENTE CIVILIZADOS, OS MELHORES ESTUDANTES SÃO CONVIDADOS A ADOTAR A SAGRADA PROFISSÃO MAGISTERIAL, QUE ASSEMELHA-SE AO SAGRADO SACERDÓCIO.

Tags :




outras notícias