Agora é oficial: Campina Grande terá uma unidade da AACD; anúncio foi feito no encerramento do Teleton 2011

Publicado em domingo, outubro 23, 2011 ·

Campina Grande terá uma unidade da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). O anúncio oficial foi feito no encerramento do programa Teleton 2011, por volta das 11h30 (horário local), deste sábado, 22, pelo apresentador Silvio Santos e o presidente da instituição, Eduardo Carneiro.

Encerramento Teleton

Veneziano (1º E) e Ricardo Coutinho (6º E) dividem palco do Teleton

Silvio Santos chamou ao palco do Teleton o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, e o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego, para participarem do anúncio. Ricardo entregou ao presidente da AACD cópia do projeto de lei que estará enviando amanhã à Assembléia Legislativa, autorizando o Governo do Estado a fazer a doação da área onde será construída a unidade em Campina Grande.

No palco, Ricardo deu crédito ao senador Cássio Cunha Lima, presente na plateia, pela escolha de Campina Grande para sediar uma unidade da instituição. “Destaco o esforço do senador Cássio Cunha Lima que também lutou por essa conquista”, disse o Governador, lembrando que ambos estiveram reunidos anteriormente com representantes da AACD fazendo gestão para a escolha de Campina Grande.

Ao agradecer a escolha da cidade, Ricardo Coutinho lembrou que na Paraíba 18% da população possui algum tipo de deficiência, justificando assim seu esforço pessoal e do senador Cássio pela presença da AACD no Estado.

Veneziano

Veneziano ao lado do prefeito de Vitória (ES), João Carlos Coser

Visivelmente feliz pela conquista, o prefeito Veneziano elogiou o trabalho da AACD e garantiu que a Prefeitura de Campina Grande irá garantir o funcionamento da nova unidade, inclusive com o treinamento dos profissionais. “Estado e Prefeitura estarão em parceria para manter a unidade e essa conquista é do povo da Paraíba”, ressaltou.

Veneziano lembrou que existe no Nordeste apenas uma clínica da AACD e que a escolha de Campina Grande vai beneficiar toda a região.

O QUE É TELETON
Teleton é uma maratona televisiva que tem como objetivo principal arrecadar dinheiro, com meta estabelecida ou não, para ajudar pessoas portadoras de deficiência física a ter acesso a tratamento especializado e conseguir ter uma vida mais confortável. No Brasil, o Teleton é realizado pelo SBT, uma vez por ano, para arrecadar fundos para a AACD. Com meta de arrecadar 24 milhões em doações, a maratona desde ano terminou com o R$ 27 milhões.

CONHEÇA A AACD
A Associação de Assistência à Criança Deficiente é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que trabalha há mais de 61 anos pelo bem-estar de pessoas com deficiência física.
Nasceu do sonho de um médico que queria criar no Brasil um centro de reabilitação com a mesma qualidade dos centros que conhecia no exterior, para tratar crianças e adolescentes com deficiências físicas e reinseri-los na sociedade.
Foi pensando nisso que o Dr. Renato da Costa Bomfim reuniu um grupo de idealistas e, no ano de 1950, fundou a AACD.
Entre outros procedimentos, a AACD desenvolve próteses, órteses, adaptações para cadeiras de rodas e muitos outros equipamentos para melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência física.

ÁREAS DE ATUAÇÃO DA AACD
Após a triagem, o paciente é avaliado por uma equipe especializada em sua deficiência. A equipe multidisciplinar atua em conjunto, com o objetivo de atender o paciente do modo mais adequado e no menor espaço de tempo possível.
As áreas em que a AACD atua são:

Clínica de Paralisia Cerebral – É a maior da AACD em número de pacientes e de atendimentos. Atende crianças que sofreram um dano cerebral antes, durante ou após o parto, onde permaneceram sequelas que acometem vários órgãos e sistemas do organismo. O tratamento ministrado objetiva estimular o desenvolvimento neuropsicomotor e fazer com que a criança possa usufruir melhor suas habilidades. A criança é acompanhada por um período longo e o tratamento é oferecido de acordo com as necessidades individuais.

Clínica de Lesão Medular – Atende pessoas tetraplégicas ou paraplégicas devido a uma lesão na medula espinhal, cujas causas mais frequentes são: ferimentos por arma de fogo, acidentes de trânsito, mergulhos em água rasa, tumores e infecções. O trabalho desta equipe utiliza recursos terapêuticos existentes para atingir as metas realistas para cada paciente, num espaço de tempo definido.

Clínica de Lesão Encefálica Adquirida – Atende pacientes vítimas de traumatismo craniano (TCE), acidente vascular encefálico (derrame), infecções cerebrais, tumores e anóxias (asfixias). De acordo com o grau de acontecimento e o prognóstico estabelecido, a equipe promove o tratamento de reabilitação física e a estimulação cognitiva se necessário. Para as crianças também é enfatizado o acompanhamento escolar.

Clínica de Mielomeningocele – Também conhecida como Espinha Bífida, atende pacientes com malformação congênita da medula espinhal e da coluna vertebral. As doenças atendidas são a mielomeningocele, lipomeningocele, espinha bífida oculta de agenesia da coluna lombosacra. Este grupo de doenças provoca alterações da função de vários órgãos e sistemas, como comprometimento das funções do cérebro, bexiga, intestino e membros inferiores. O tratamento visa preservar ao máximo a função destes órgãos e impedir a presença de complicações que prejudiquem a condição física do paciente.

Clínica de Malformações Congênitas – Atende pacientes com malformações congênitas dos membros, osteogenesis imperfecta (doença dos ossos de vidro), artrogripose múltipla congênita (articulações rígidas) e doenças genéticas que causam alterações principalmente nos membros.

Clínica de Amputados – Atende pacientes com amputações adquiridas, cujas principais causas são os traumatismos, doenças vasculares, dia- betes, infecções, queimaduras e tumores. O trabalho de reabilitação visa adaptação à prótese, buscando independência nas atividades da vida diária, readaptação social e profissional.
Clínica de Doenças Neuromusculares – Atende pacientes com doenças de origem no músculo (miopatias) ou no nervo periférico (neuropatias) de causa hereditária. As doenças atendidas são as distrofias musculares, miopatias congênitas, miotonias, amiotrofias espinhais, neuropatias hereditárias, ataxias, etc.

Clínica de Outros – Atende pacientes vítimas de poliomielite (paralisia infantil), contraída no passado. Apesar de erradicada no Brasil desde 1989, devido às maciças campanhas de vacinação, muitos pacientes possuem sequelas que ainda necessitam de tratamento especializado. Também são atendidas crianças, menores de um ano de idade, com lesão do plexo braquial decorrentes de lesão no parto.

Wanja Nobrega (Com informações da AACD)

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627