Karlos Thotta

Agências reguladoras regulam o quê?

Publicado em terça-feira, julho 9, 2019 ·

TUDO CRIADO PELO HOMEM TEM UMA FUNÇÃO REPRESENTATIVA DE UM OBJETIVO DESEJADO. FUNÇÕES REGULATÓRIAS SÃO INSUFICIENTES PARA DESENVOLVER AÇÕES OTIMIZANTES.

Para disciplinar as relações entre usuários e os fornecedores de serviços, foram criadas as Agências Reguladoras Federais, que deveriam regular a qualidade dos serviços prestados, bem como a satisfação dos usuários pelos atendimentos fornecidos pelos empresários.

Altíssimos índices de reclamações referentes à qualidade e ao atendimento das empresas ligadas aos setores de saúde, telefonia, vigilância sanitária, aeroportos, energia elétrica, entre os muitos outros setores, são sintomas que levam o Povo a acreditar que faltam eficácias e competências nas tais agências chamadas de reguladoras.

A falta de comprometimento das operadoras, deve ser alvo de agências federais que possuam todas as competências necessárias para exigir um processo contínuo que possa gerar melhorias nos atendimentos prestados aos clientes

Nada disso é visto ou sentido, quando se analisam os procedimentos enganosos dessas empresas, que costumam veicular campanhas publicitárias onde as pessoas de boa-fé são prejudicadas por enganosas promoções.

Além das falsas promessas, as operadoras abarrotam os aparelhos móveis e os computadores, com avalanches de promoções que levam os usuários a acionar uma tecla aceitando algo que não desejam.

Quando o usuário percebe que o seu saldo sofreu uma redução, e por isso ligou para a operadora, a atendente lhe informa que foi gerado um protocolo correspondente a um tal serviço solicitado pelo usuário no momento em que, por engano, acionou aquela famigerada tecla-cola-pegadinha.

Mesmo que o reclamante não tenha usado o serviço, o máximo que a empresa operadora faz é cancelar as renovações futuras, pois o valor debitado por ela não será devolvido porque existe um protocolo que impede os estornos de valores debitados dos saldos dos usuários da operadora.

DIANTE DESSE E DE TANTOS OUTROS CASOS E ERROS DAS OPERADORAS, AS POPULAÇÕES INDEFESAS PERGUNTAM:

* Por que a ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) não proíbe esta prática?

* As operadoras já podem funcionar em desacordo com a Lei do Consumidor-usuário?

* O IDEC (Instituto de Defesa do Consumidor) está em férias coletivas, ou foi extinto?

TUDO CRIADO PELO HOMEM TEM UMA FUNÇÃO REPRESENTATIVA DE UM OBJETIVO DESEJADO. FUNÇÕES REGULATÓRIAS SÃO INSUFICIENTES PARA DESENVOLVER AÇÕES OTIMIZANTES.

 

 

 

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627