Advogado abre ‘caixa preta’ da FPF e revela que até filhos de Rosilene tinham direito a voto nas eleições

Publicado em segunda-feira, abril 7, 2014 ·

federação paraibanaO advogado do time do Auto Esporte, José Caetano, abriu a ‘caixa preta’ da Federação Paraibana de Futebol nesta segunda-feira (07). Segundo documentos os quais o jurista teve acesso, pelo menos, 53 equipes que participavam das eleições que todos os anos escolhiam Rosilene Gomes para presidir a entidade estão em situação irregular. De acordo com José Caetano, até os filhos da ex-presidente votavam no processo como presidentes de equipes.

O advogado informou que esses clubes teriam que ter registro na Justiça Federal, mas simplesmente isso não existe. “Os times filiados à FPF têm que ter CNPJ e ata da eleição da equipe, mas há 20 anos a eleição é feita de forma irregular”, revelou durante entrevista concedida ao programa Correio Debate, da rádio Correio FM.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

José Caetano fez outras revelações sérias envolvendo o processo eleitoral da FPF. Segundo os documentos obtidos por ele, por meio de processo impetrado na justiça, a maioria dos votantes nesses pleitos são funcionários da Federação. Ele citou nomes de pessoas que estão votando de forma irregular. Entre eles, dois filhos de Rosilene Gomes.

A lista dos votantes, segundo o jurista, é composta da seguinte forma: Geraldo Gomes Varela (assessor de imprensa da FPF), vota pelo Paraíba Esporte Clube; Jáder Ribeiro; Carmem Lúcia; Tyrone de Araújo Gomes, filho de Rosilene, vota representando o ABC; Sandro de Araújo Gomes, também filho da ex-presidente, vota como presidente do Jangadeiro; e, Socorro Leite (assessora jurídica).

“Pelo menos dois terços das pessoas que estão na lista de votantes não poderia participar das eleições”, afirmou José Caetano.

 

 

 

BlogdoGordinho

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627