Adolescente de 17 anos confessa crime de cabeleireira e se entrega à polícia em João Pessoa

Publicado em segunda-feira, julho 11, 2011 ·

disparando-el-revolverUm adolescente de apenas 17 tomou uma atitude ousada e corajosa ao assumir um crime e ligar para a polícia para se integrar. O fato aconteceu na noite de domingo (11) no Bairro São José, em João Pessoa.

Segundo informações da polícia, F.G.S. ligou para o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) e disse que queria se entregar, pois tinha sido ele que tinha matado a tiros a cabeleireira Albany Cardoso de Melo.

A viatura do Cabo Weldson esteve no bairro São José é o adolescente se entregou. Ele foi levado até a Central de Polícia onde foi apresentado a delegada de plantão na delegacia de homicídios, mas depois ele foi encaminhado a delegacia de menores.

O menor diz que estava sozinho e diz que matou Albany porque ela estava devendo drogas. O adolescente conta ainda que produzia crack e pesquisou na internet para fazer o oxi, a nova droga do momento. A polícia suspeita que ele esteja mentindo e que foi induzido a inventar a história.

Relembrando o crime – O assassinato de Albani Cardoso de Melo, de 37 anos, foi no início da tarde no dia 28 de junho desse ano. Além dela a sua filha Amanda Cardoso, de 15 anos também foi executada a tiros. A cabeleireira foi morta dentro do seu salão de beleza. Segundo a mãe de Albani, Ivonete Cardoso de Melo, a filha havia recebido uma ligação de uma suposta cliente, pedindo para marcar horário para o serviço de manicure, também realizado por ela.

Paulo Cosme com Jonas Batista

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627