Karlos Thotta

Acordos & Calotes: Caracas 4, Brasília 0

Publicado em quinta-feira, fevereiro 27, 2020 ·

EM APENAS QUATRO CONTRATOS, NÃO HONRADOS PELA VENEZUELA, O BRASIL SOFREU UM PREJUÍZO DE 50 BILHÕES DE REAIS, QUE PODERIAM TER SIDO APLICADOS NAS OBRAS ESTRUTURANTES DO PAÍS.
 
Depois de ter sofrido um colossal prejuízo na compra da refinaria de petróleo sediada em Pasadena (ler-se passadina), nos Estados Unidos, os maus gestores brasileiros fizeram vários contratos e acordos com o governo da Venezuela.

Como a quantidade total dos acordos é inaceitavelmente grande, vamos abordar apenas quatro desastres sofridos pelos recursos públicos do Brasil, em consequência de descasos com o dinheiro do Povo, causados por uma série de calotes cometidos pelo governo venezuelano.

CALOTE 1

Suspensão de pagamentos ao BNDES

O governo do presidente Maduro deixou de pagar 432 milhões de reais do crédito que contratou com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), do Povo brasileiro.

CALOTE 2
Débitos com Bancos Privados do Brasil

Os calotes nos bancos privados já ultrapassam 474 milhões de reais segurados no Fundo Garantidor de Créditos mantido pelo Tesouro Nacional que é o cofre  de todo o dinheiro do Povo.

CALOTE 3

Retenção dos Ganhos da Gol e Latam

Quase 17 bilhões de reais de empresas, do setor aéreo, continuam congelados nos bancos da Venezuela, depois do governo impedir que as empresas aéreas transferissem os seus lucros para as suas sedes.

CALOTE 4
Quebra do acordo com a Petrobrás

Em 2005 os presidentes da Venezuela e do Brasil assinaram um acordo para a construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, onde a Petrobrás financiaria 60% da obra e à empresa venezuelana PDVSA, financiaria 40%.

O custo da Abreu e Lima já ultrapassa os 80 bilhões de reais, e a Venezuela nunca quitou nenhum valor vencido, gerando para o Brasil um prejuízo superior a 32 bilhões de reais, que somados aos outros prejuízos, gerados pelos calotes 1, 2 e 3 totalizam um formidável prejuízo aos recursos públicos, que se aproxima de 50 bilhões de reais.

EM APENAS QUATRO CONTRATOS, NÃO HONRADOS PELA VENEZUELA, O BRASIL SOFREU UM PREJUÍZO DE 50 BILHÕES DE REAIS, QUE PODERIAM TER SIDO  APLICADOS NAS OBRAS ESTRUTURANTES DO PAÍS.

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627