Abalado com perseguição, Fred diz: hoje minha ideia é sair do Flu

Publicado em sábado, agosto 6, 2011 ·

fredImpressionado com a perseguição da torcida do Fluminense, que chegou a ameaçá-lo nesta semana em um bar no Rio de Janeiro, o atacante Fred deixou em aberto seu destino no clube, mas disse que no momento sua vontade é ir embora. “Estou conversando com a diretoria sobre o que aconteceu. Hoje minha idéia é sair”, resumiu o atacante.

O jogador tem multa rescisória de 15 milhões de euros (R$ 34 mi) e contrato com o Fluminense até 2015. Nos bastidores do clube, a sua permanência não é considerada fundamental. Pelo contrário: se houver uma boa proposta, a diretoria tricolor não vai se opor à saída do centroavante.

Segundo Fred, essa não é a primeira vez que a torcida do Fluminense o persegue. O jogador disse já ter sido abordado na porta de casa quando estava com a filha de 5 anos. “Os ‘caras’ foram na porta do meu prédio me cobrar e isso não posso aceitar. Preciso de segurança para viver tranquilo com minha família”, declarou Fred.

Neste sábado, do lado de fora do clube, vários PMs faziam segurança excepcionalmente por conta da entrevista do atacante Fred. O jogador não atuará neste domingo, contra o América-MG.

Fred se apresenta à Seleção Brasileira no domingo para o amistoso contra o Alemanha, na próxima quarta-feira. O atacante deve ficar longe do Fluminense até que sua situação seja resolvida

Alegando problemas psicológicos, o camisa 9 já não havia participado da vitória sobre o Inter por 2 a 0, dois dias após a nova confusão, quando Fred foi ameaçado por torcedores que o viram em um bar.

Fred admite que, na ocasião – folga do elenco do Fluminense -, consumiu bebidas alcoólicas, mas que isso não interferiu em seus compromissos com o clube tricolor. “Bebi, sim, três bebidas. Fiz tudo que fiz e treinei. Dou minha vida em campo e corro ‘pra caramba’. Nunca faltei de treino, sempre me dediquei e dei meu melhor pelo Fluminense”, desabafou Fred, que, porém, descartou transferir-se para outro clube brasileiro.

“Falaram que eu iria para Palmeiras, Cruzeiro e até Flamengo, mas se fizesse isso, seria um traidor. Se acontecer de eu sair do Fluminense, não irei para outro clube do Brasil”, disse.

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627