8ª edição do Festival Cine Favela reúne produções de sete países

Publicado em segunda-feira, novembro 11, 2013 ·

CineFavelaEm seu oitavo ano de realização, o Festival Cine Favela, que se dedica exclusivamente à difusão de filmes realizados por organizações não governamentais (ONGs), associações, coletivos, universitários, periferias e produtores independentes e periféricos, traçará um panorama do cinema feita na periferia no Brasil e vários países. As atividades do festival ocorrem na comunidade de Heliópolis, em São Paulo.

Na abertura oficial, que ocorre nesta terça-feira (12), às 20h, no Sesc Ipiranga (Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga), será exibido o longa-metragem inédito Memórias de Heliópolis, de Bruna Lessa. O filme busca mostrar a vida dos moradores do bairro, especialmente aqueles que acompanharam o desenvolvimento do local, assim como líderes comunitários. Também serão exibidos dois curtas-metragens inéditos, realizados nas oficinas de capacitação desenvolvidas durante o Festival.

Curtas

Já a mostra competitiva, que ocorre no sábado (16), a partir das 15h, na sede do projeto Cine Favela, exibirá 16 curtas-metragens, entre eles seis são produções de país como França, Ucrânia, Espanha, Panamá, Portugal e Alemanha. Do Brasil, há filmes realizados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Sergipe, Rio Grande do Sul e Paraná.

O encerramento do evento será realizado no Polo Cultural De Heliópolis (estrada das Lágrimas, 2.385, Heliópolis), no domingo (17), às 17h. Na ocasião, será conhecido o melhor filme do Festival, eleito pelo voto popular. A sessão também contará com a exibição do longa-metragem Copa Vidigal, de Luciano Vidigal, e de uma apresentação de músicos do Instituto Baccareli.

Todas as atividades são gratuitas.

Confira a programação:

Abertura:

Data: 12/11 – terça-feira
Horário: 20h
Local: Sesc Ipiranga – Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga – Tel: 11 2215-8418

MEMÓRIAS DE HELIÓPOLIS (SP – 63’- DOC. – 2013)
Direção: Bruna Lessa .Sinopse: Considerada a maior favela de São Paulo, Heliópolis tem se projetado nos últimos anos pelas suas iniciativas em educação e ativismo comunitário, por uma perspectiva de “Bairro Educador”. Alguns moradores já nem dizem mais bairro, tampouco favela, mas Cidade de Heliópolis. A luta iniciada trinta anos atrás é contada pelos seus próprios moradores/fundadores, que enfrentaram a violência de grileiros e do Estado, porque ousaram sustentar que moradia é um direito.

+ Exibição de 2 curtas-metragens realizados nas oficinas de capacitação do Festival.
* Após a sessão, haverá coquetel.

Sessão Instituto Criar

Data: 13/11 – quarta-feira
Horário: 19h
Local: Instituto Criar – Rua Sólon, 1.121 – Bom Retiro – Tel: 3331-4798

Os alunos do projeto e o público em geral terão acesso a filmes produzidos por produtores independentes de países como Colômbia, México, Argentina, Paraguai, Chile e Brasil e que, na grande maioria, não encontram espaço de difusão nos principais festivais de cinema.

Mostra Competitiva

Data: 16/11 – sábado – às 15 horas
Local: Cine Favela – Rua do Pacificador, 288 – Heliópolis – Tel: 2954-2275
Classificação: Livre
Pré-Curadoria: Luciana Rossi
Curadoria final: Luciana Rossi e Daniel Gaggini

MUPEPY MUNATIM (PORTUGAL – 18’- FIC. -2012)
Direção: Pedro Peralta. Sinopse: Um homem regressa da França a Portugal em busca da túmulo de sua mãe. Quer lhe fazer uma homenagem. Quer redimir-se do passado. Apenas tem o contacto de uma pessoa. Encontra-a. Porém, ela não sabe o lugar em que sua mãe foi enterrada. Quando está pronto para desistir, tem uma revelação. A promessa tem que ser cumprida.

PINHEIRINHO (RJ – 8’- DOC. -2013)
Direção: Julio Pecly. Sinopse: Demolição de um conjunto habitado por população.

PROIBIDÃO (RJ- 14’- DOC. -2013)
Direção: Ludmila Curi e Guilherme Arruda. Sinopse: Documentário sobre MC Smith, que é um famoso funkeiro do Complexo do Alemão adepto ao funk proibido, que faz muito sucesso nos bailes, porém gera polêmica fora deles.

CATALOGÁRGULA (RS – 5’- EXP. -2013)
Direção:  Lucas Neris/Luan Salce. Sinopse: Hélio é um homem peculiar que tira fotos de tudo à sua volta, dando uma conotação própria e estranha aos objetos que o cercam.

TINHA UMA PEDRA NO MEIO DO CAMINHO (RS – 11’- EXP. -2013)
Direção: Caio Mazzilli. Sinopse: Um dia na vida de um viciado em pedra. O martírio da droga e a leveza da escrita, aflorando vida quando a morte caminha ao lado.

A ELEIÇÃO É UMA FESTA (SE – 15’- DOC. -2013)
Direção: Fábio Rogério. Sinopse: Eleições municipais de 2012. Batman e Robin tentam uma vaga na Câmara Municipal de Aracaju.

BATMAN POBRE #1 ALDEIA MARACANÃ (RJ – 7’- DOC. -2013)
Direção:Pablo Pablo. Sinopse: Bruce Wayne. Ex-multibiliardário. Ex-playboy. Ex-proprietário. Ex-empreiteiro. Em meio ao caos do tráfego parado, obras olímpicas, bancos imobiliários, direitos obtusos, vaga rumo a uma batalha vencida, o Inquilino das Trevas. Nosso herói embussado nos conduz por essa estranha desventura no dia 23 de março de 2013: dia marcado pelo despejo da Aldeia Maracanã pelo Aparelho Repressor do Estado de Rio City.

A COLD PLACE (FRANÇA – 4’- EXP. -2010)
Direção: Muriel Montini. Sinopse: Bolsa de Paris, noite de inverno. Os comerciantes fazem um intervalo.

MÚSICA NA PERIFERIA (SP – 7’- DOC. -2012)
Direção: David Alves Silva. Sinopse: Um curto Panorama da Música produzida na periferia Sul de São Paulo.

SI EL PARQUE HABLARA (PANAMA – 5’- FIC. -2012)
Direção: Maysha Martínez. Sinopse: Tilson, um estudante adolescente de Cabo Verde, é responsável pelo futuro de seus dois irmãos pequenos. O parque vai ser o cenário de sua decisão.

BRAÇOS ABERTOS, PORTAS FECHADAS (RJ – 24’- DOC. -2012)
Direção: Juliana Borges e Fernanda Polacow. Sinopse: O rolo compressor da economia brasileira em franca expansão está atraindo imigrantes de todo o mundo. Esperando encontrar um país multicultural, o rapper angolano Badharó acaba por se deparar com barreiras como discriminação e preconceito racial. Usando como pano de fundo a trágica morte de uma imigrante angolana, Badharó usa sua musica para falar sobre as frustrações que ele experimenta num Rio de Janeiro muito diferente dos cartões postais.

ORIGAMI (ESPANHA – 5’- ANI. -2013)
Direção: David Pavon. Sinopse: Era uma vez um barco de papel, que vivia em uma loja de brinquedos abandonados e que embarca na viagem da sua vida.

A FILA (PR – 5’- ANI. -2012)
Direção: Almir Correia. Sinopse: Homens simples. Ratos. Executivos. O que eles têm em comum?

AVTOPORTRET (UCRÂNIA – 5’- EXP. -2011)
Direção: Natali Ilchuk. Sinopse: História de uma vida em episódios curtos. Um carro também pode ter uma biografia.

A RUA É PÚBLICA (BH – 10’- FIC. -2013)
Direção: Anderson Lima. Sinopse: Um grupo de amigos acorda com vontade de jogar uma pelada na rua. A busca por um espaço acaba percorrendo outro caminho: o da luta pelo território livre do brincar.

BEN (ALEMANHA- 1’- EXP. -2012)
Direção: Kuesti Fraun. Sinopse: Sobre correr, estar trás, sobre grandes momentos, sobre a vida cotidiana…

Encerramento

Data: 17/11 – domingo
Horário: 17h
Local: Estrada das Lágrimas, 2.385 – Heliópolis

COPA VIDIGAL (RJ – 75’- DOC. – 2011)
Direção: Luciano Vidigal. Sinopse: Campeonato de futebol entre favelas organizado no Morro do Vidigal no Rio de Janeiro com o objetivo de resgatar a paz através do esporte numa área que estava traumatizada com uma recente guerra entre traficantes.

 

Foto: Reprodução
Da Caros Amigos

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627