7º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero está com inscrições abertas

Publicado em sábado, junho 18, 2011 ·

stories-Fotos_2011-Junho-spm_7c2bapremio_bannerA 7ª edição do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero pretende estimular e fortalecer a reflexão crítica e a pesquisa sobre as desigualdades existentes entre homens e mulheres no Brasil. As inscrições permanecem abertas até o dia 16 de setembro e podem concorrer estudantes do ensino médio, graduados, especialistas, mestres e estudantes de doutorado, com redações e artigos científicos.

Escolas públicas e privadas que estejam desenvolvendo projetos e ações pedagógicas para a promoção da igualdade de gênero, poderão concorrer na categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”. Será premiada uma escola por região, que receberá a quantia de R$10 mil. O dinheiro deverá ser aplicado na ampliação e fortalecimento de ações promotoras da igualdade de gênero. Premiados em edições anteriores, somente poderão candidatar-se novamente após três anos.

Na categoria estudante de Ensino Médio são duas possibilidades: “Etapa Nacional” e “Etapa Unidade da Federação”. Ao todo, serão 27 vencedores, um por cada estado e Distrito Federal que serão agraciados com bolsas de estudo, computadores e impressoras. Nas categorias: “Mestre e Estudante de Doutorado”, “Mestre, Graduado, Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação” serão premiados os seis melhores artigos científicos, sendo dois selecionados para cada categoria. Ao todo, os textos vencedores receberão premiações em dinheiro no valor de R$ 23 mil, além de bolsas de estudo.

O Prêmio é uma iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT), do Ministério da Educação (MEC), e da ONU Mulheres, que pretende contemplar abordagens de classe social, geração, raça, etnia e sexualidade no campo dos estudos das relações de gênero, mulheres e feminismos, além de sensibilizar a sociedade para essas questões.

Categoria estudante de graduação

Podem concorrer estudantes que estejam regularmente matriculados em cursos de graduação reconhecidos pelo MEC. O prêmio consta de R$ 5 mil, bolsa de Iniciação Científica e publicação das pesquisas premiadas em livro próprio. A premiação dos professores orientadores é a assinatura anual da Revista Estudos Feministas e Cadernos PAGU.

Categoria graduado, especialista e estudante de mestrado

Podem concorrer candidatos que possuem o título de graduado, especialista ou que estejam cursando o Mestrado, em instituições de ensino reconhecidas pela CAPES/MEC. Premiação: R$ 8 mil; bolsa de mestrado no país; publicação das pesquisas premiadas em livro próprio.

Premiação dos docentes orientadores: Assinatura anual da Revista Estudos Feministas e Cadernos PAGU.  Também serão premiadas as instituições de ensino superior dos candidatos vencedores na categoria graduado, especialista e estudante de mestrado com assinatura anual da Revista Estudos Feministas e Cadernos PAGU.

Para saber mais consulte: http://www.igualdadedegenero.cnpq.br

Fonte: UEPB
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627