educação

4 tendências para se adaptar e ensinar melhor online

Publicado em quarta-feira, julho 8, 2020 ·

Especialista esclarece estratégias para melhorar a experiência de lecionar no ambiente virtual

A necessidade de manter o isolamento social a fim de evitar o contágio pelo novo Coronavírus impôs o desafio a milhares de professores de migrar suas aulas presenciais para o ambiente online. Apesar de ser uma alternativa viável e segura, ensinar de forma virtual tem uma série de especificidades e exige um treinamento específico que, na última hora, nem sempre está sendo aplicado aos profissionais.

Há mais de cinco anos realizando treinamentos para professores de inglês em vários países para o ensino exclusivo em plataformas online, a professora Joanna Palmowska, gerente de Treinamento de Professores da English Live, maior escola de inglês online do mundo,  tem uma visão positiva sobre o ensino à distância. Segundo ela, apesar dos desafios e gaps existentes, o ambiente online também pode oferecer recursos interessantes que não estão disponíveis em uma aula presencial tradicional.  A especialista também alerta sobre a necessidade de avaliar os recursos disponíveis para os alunos em condições vulneráveis, um dos principais desafios quando se fala em educação à distância.

Joanna listou as principais dicas e orientações para profissionais da educação que querem aproveitar da melhor forma as aulas no ambiente virtual:

1- Escolha e conheça a plataforma disponível:

A verdade é que nem sempre os profissionais participam do processo de escolha da plataforma na qual irão trabalhar. Independentemente disso, é importante que o professor conheça a fundo suas funcionalidades. “Explorar esses recursos é fundamental para uma melhor experiência. Existem programas com opções de quadro interativo, formação de grupos, por exemplo. O professor precisa conhecer essas ferramentas para enriquecer a experiência dos alunos”, orientou.

2- Alinhe as expectativas: 

A especialista explica que no ambiente online existe o desafio da linguagem corporal, que é responsável por 80% da comunicação. “Ligar a câmera, usar gestos, entonação, ajuda a quebrar essa barreira. O profissional precisa ter isso em mente”, ressalta. Por esse motivo também é preciso alinhar as expectativas antes de começar qualquer atividade. Como o retorno nem sempre é imediato, existe uma necessidade de acordar constantemente o que se propõe com aquela atividade, o que ela espera dos alunos, dar feedbacks, exemplos,  etc.

Segundo ela, mais do que ensinar alguma matéria, o professor está ali também para ensinar a aprender de forma remota. Isso significa que ele precisa considerar que apenas escutar de forma passiva não é aprender imediatamente.

3- Aprenda a lidar com problemas técnicos:

Problemas técnicos são de longe a principal dificuldade revelada pela educação à distância, segundo Joanna. Isso inclui problemas de conexão, de aparelhos, barulhos externos, eletricidade. São muitas as barreiras  envolvidas para garantir um ensino de qualidade. Nem sempre é possível sanar todos, mas levando em consideração esse quesito é absolutamente possível trabalhar para reduzir os problemas. “É preciso testar, desenvolver conteúdo, usar as ferramentas disponíveis para explorar a interação ao máximo, por isso  o profissional precisa estar preparado”, completou. Prever o que pode dar errado e já se adaptar é uma boa saída  para evitar problemas durante as aulas.

4- Conheça seu público e se adapte:

O maior desafio da educação a distância seguramente está na vulnerabilidade na realidade estudantil. “Como pensar em desenvolver um bom conteúdo online se existem alunos sem acesso à internet ou mesmo computador próprio? Muitos alunos precisam dividir seus equipamentos com familiares ou sequer possuem um”, analisa.  A especialista conta que países como a Austrália estão enviando materiais como fitas e livros para estudantes em áreas remotas, por exemplo. A possibilidade de gravar um conteúdo para que ele seja assistido posteriormente é uma forma de fazer a educação funcionar.

“Quanto maior a preparação, melhor a experiência”, destacou a gerente, reforçando a capacidade de adaptação como a principal habilidade a ser desenvolvida no contexto de constante mudanças.

 

Sobre a English Live

Com mais de 20 anos de história, a EF English Live é a maior escola de inglês online do mundo. Fundada em 1996, tem sido pioneira na utilização da tecnologia para ministrar cursos de inglês online, oferecendo ensino de alta qualidade por meio do acesso a professores de inglês de todo o mundo. A escola tem aulas individuais e em grupo disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, com professores qualificados. Pertencente ao grupo EF Education First, líder mundial em educação internacional, possui um legado de 50 anos de excelência acadêmica e mais de 20 milhões de alunos atendidos. No Brasil,são mais de 100 mil clientes ativos e mais de 1 milhão de alunos atendidos nas últimas décadas. 

 

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS
















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627