4º BPM controla revolta de presos no Presídio Regional de Guarabira

Publicado em sexta-feira, maio 27, 2011 ·


presidio2Por volta das 20h00mim da última quarta-feira (25/05/2011), os detentos do Presidio Regional de Guarabira iniciaram uma revolta sob a alegação de que houvera um detento necessitando de atendimento médico desde a manhã do mesmo dia até aquele momento.

Ao ser acionado, o COPOM deslocou as guarnições de serviços para a referida unidade prisional, ao chegar ao local, antes de serem iniciadas as negociações, um grande cerco policial foi montado e ruas próximas foram bloqueadas.

O TC Ysmar, comandante do 4º BPM, comandou as negociações. A primeira determinação foi à transferência de 28 (vinte e oito) apenados que se encontravam em situação de risco diante do incidente por se tratarem de pessoas que cumpriam prisão em separado e não eram bem quistos pelos amotinados (estupradores, ex-militares, etc). Os presos foram transferidos para Penitenciaria João Bosco Carneiro na cidade de Guarabira – PB.

As negociações perduraram toda a madrugada, contudo os detentos rebelados continuaram a queimar colchões e desobedecer às ordens de não permanecerem nos corredores. Só por volta das 05h30min da quinta-feira (26/05/2011) os detentos acataram as negociações, saíram das celas e foi possível ser realizada uma revista onde foram encontrados: 06(seis) isqueiros, 02(duas) bainhas de faca, 22 (vinte e duas) facas, 20 (vinte) barras de ferro, 10 (dez) pacotes de fumo, 11 (onze) aparelhos celulares, 13 (treze) carregadores de celular, 79 (setenta e nove) trouxas de maconha, 07 (sete) objetos perfuro cortantes, 03 (três) pedaços de pau, 15 (quinze) ventiladores queimados, 03 (três) Chips de celulares, 15 (quinze) carcaças de celulares, 09 (nove) baterias de celulares, 08 (oito) pesos de ferro e 01 (um) cachimbo de crack.

presidio3Ao todo 122 (cento e vinte e dois) presos foram transferidos para outras unidades prisionais da região. Todos os atos foram acompanhados por representantes da igreja, é válido salientar que nenhum detento foi ferido, nenhuma vida foi ceifada durante toda a atuação da Polícia Militar na contenção da revolta, ao todo foram utilizados mais  de 100 policiais na operação.

presidio

Assessoria para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627